Você se sente feliz com a sua vida?

Role para baixo

“E a minha alma alegra-se com seu sorriso, um sorriso amplo e humano, como o aplauso de uma multidão”.  O poeta Fernando Pessoa foi um dos tantos que dedicou alguns de seus versos para definir a felicidade. Tema recorrente não apenas na literatura, mas também na música, na filosofia, nas diferentes religiões, e, claro, na psicologia.  Mas e você, é feliz com a sua vida?

A busca pela felicidade, ou por uma definição do que é felicidade, move a humanidade e não é de hoje. Entretanto, faz pouco tempo que o tema se tornou objeto de estudos. Desde 1998, para sermos mais precisos. Foi a partir dessa época que começaram os primeiros estudos e pesquisas relacionados à Psicologia Positiva, ciência dedicada ao estudo da felicidade.

De lá para cá encontramos muitas respostas – e novas perguntas surgiram. O fato é que felicidade é um conceito muito amplo e existem inúmeras formas de defini-la. Mas uma que chega muito próximo de ser definitiva foi dita por Gandhi: “Não existe caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho”.

O que Gandhi quis dizer é que não existe um ponto de chegada final, mas sim hábitos, escolhas, tomadas de decisão que deixam você nesse estado de felicidade.

Três elementos da felicidade

O problema está no que acreditamos ser a felicidade. É que comumente associamos ela às emoções positivas. E apenas a emoções positivas. O resultado é que as pessoas começam a suprimir todo um outro espectro de emoções humanas, que são tidas como negativas. Mas a verdade é que elas são apenas emoções que também fazem parte do ser humano e suprimí-las não é saudável além de ser uma batalha impossível de vencer.

Em seus estudos, o psicólogo americano Martin Seligman, da Universidade da Pensilvânia, concluiu que a felicidade é a soma de três elementos: prazer, engajamento e significado.

O prazer está ligado, olha só, às emoções positivas mas o importante aqui é que você perceba que não se trata de tê-las 100% do tempo mas em uma proporção de 3:1. Se você tiver ao longo do seu dia, da sua semana, da sua vida uma proporção de 3 emoções positivas para uma negativa, você se coloca no caminho da felicidade. Pelo menos nesse elemento, lembrando que existem mais outros dois elementos que devem ser trabalhados.

O segundo elemento que Seligman concluiu ser parte da felicidade é o engajamento. Ou seja, ter uma vida ativa, em que você se coloca desafios e busca conquistar objetivos para essa vida. É quando você se compromete com alguma atividade desafiadora e se esforça para ser cada vez melhor nela. Quando você se envolve, tudo fica mais divertido e prazeroso.

Por fim, o terceiro elemento é o significado, quer dizer, quando você está vivendo algo que é maior do que você mesmo. Ele surge quando você ativa na sua vida o desejo de querer fazer algo que você considera importante e que tem um significado para você. Nesse momento você ganha um sentido na vida.

Para Seligman, quando você combina todos esses elementos, se coloca no caminho da felicidade de que Gandhi falou. Por isso, se você quer ser feliz – e isso está cientificamente comprovado pela Psicologia Positiva – busque trazer para a sua vida prazer, engajamento e significado. São esses elementos que ajudam a construir uma felicidade verdadeiramente sustentável, real e duradoura.

E você, se sente feliz com a sua vida?

 

[Crédito da Foto: Richard Jaimes]

Participe da Semana Vida Extraordinária

 

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

224 Compart.
Compartilhar224
Twittar
Compartilhar
WhatsApp